Pular para o conteúdo principal

GRAVIDEZ MÊS A MÊS – 28 A 32 SEMANAS

O SEU CORPO, SINTOMAS E EXAMES

A medida que o peso e o volume da barriga aumentam e o cansaço se acumulada, pode sentir alguns desconfortos como dores nas costas, sensação de pernas pesadas, tornozelos inchados, insónias ou prisão de ventre. O volume dos seus seios continua a aumentar e a vontade de ir à casa de banho com maior frequência também.

Para a dor nas costas, experimente usar uma cinta de gravidez para ajudar a suportar o peso da barriga e a corrigir a postura, faça exercícios de alongamento, use um calçado confortável, evite estar parada no mesmo local e de pé durante longos períodos de tempo e aplique calor local para relaxar os músculos.

Se sentir as pernas inchadas, especialmente ao final do dia, repouse com as pernas elevadas e use meias de descanso. Também pode experimentar massajar as pernas com um gel específico que alivia o cansaço e refresca a pele. Aconselhe-se com o seu médico.

A prisão de ventre agrava-se devido ao aumento da produção de progesterona que relaxa os músculos do intestino. A alimentação e a ingestão de líquidos são bons aliados no combate à obstipação. O exercício físico também ajuda a melhorar os movimentos intestinais e a aliviar outros desconfortos derivados do aumento do peso e perda de mobilidade.

O seu médico poderá recomendar a continuação da toma de ácido fólico e ferro.

É natural que comece a sentir as contrações de Braxton-Hicks, ou falsas contrações, que preparam o seu corpo para o parto.

Quando a mãe é Rh negativo e o seu pai é Rh positivo pode haver um problema de compatibilidade entre o sangue da mãe e o sangue do bebê. Isto porque é muito provável que o bebê herde o tipo de sangue Rh positivo do pai.

Neste caso, quando o sangue do bebê entra na corrente sanguínea da grávida, as defesas desta vão encará-lo como um invasor e produzir anticorpos contra o sangue do bebê. Estes anticorpos atravessam a placenta e podem atacar o sangue do bebê.

Se o seu grupo sanguíneo for negativo e o do pai positivo, fará a vacina imunoglobulina anti-D (anticorpos para o fator Rh) às 28 semanas de gestação ou até 72 horas após o parto se o bebê for Rh positivo e, ainda, em casos de aborto (espontâneo ou provocado), gravidez ectópica, realização de manobras invasivas (amniocentese ou biopsia das vilosidades coriónicas), versão cefálica externa (virar o bebê), descolamento da placenta, placenta prévia (placenta localizada sobre o colo do útero), traumatismo abdominal ou qualquer outra situação em que o sangue do bebé possa entrar na corrente sanguínea da grávida.


Na semana 32 o seu bebê tem o tamanho aproximado de uma meloa.